Última hora

Última hora

Primeiro-ministro japonês apela à unidade nacional

Em leitura:

Primeiro-ministro japonês apela à unidade nacional

Tamanho do texto Aa Aa

O novo primeiro-ministro japonês reafirmou o compromisso na redução da dívida pública e na reconstrução das áreas destruídas pelo sismo e pelo tsunami que se lhe seguiu no início deste ano.

No primeiro discurso proferido perante o Parlamento, desde que assumiu funções há duas semanas, Yoshihiko Noda disse aos deputados que os impostos têm de aumentar, para financiar os 95 mil milhões de euros destinados à reconstrução.

O chefe de Governo apelou à unidade nacional: “Para nos permitir recuperar as regiões afetadas pela tragédia, precisamos de um compromisso e de cooperação entre Governo e partidos da oposição e é a isso que apelo.”

O primeiro-ministro prometeu retomar a produção energética nas centrais nucleares, depois de serem realizados os testes de segurança necessários. Ao mesmo tempo defendeu a redução da dependência japonesa da energia nuclear. Só não explicou quais as propostas para fazê-lo.

Nas ruas grita-se pelo encerramento definitivo das centrais nucleares do país. Ainda no domingo, várias cidades japonesas foram invadidas por manifestantes, que lembravam a tragédia de Fukushima.