Última hora

Última hora

Vítimas de padres pedófilos depositam queixa no TPI

Em leitura:

Vítimas de padres pedófilos depositam queixa no TPI

Tamanho do texto Aa Aa

Em Haia, vítimas de padres pedófilos depositaram esta terça-feira uma queixa no Tribunal Penal Internacional contra o papa Bento XVI e outros responsáveis da igreja católica por “crime contra a humanidade”, anunciou a associação de antigas vítimas SNAP.

Os responsáveis do Vaticano são acusados de “terem tolerado e tornado possível a camuflagem sistemática e amplamente disseminada das violações e crimes sexuais contra crianças em todo o mundo”.

“É muito claro que se todos são iguais e a lei deve ser justa, estes são crimes contra a humanidade pelos quais podem e devem ser responsabilizados os altos dignitários da Igreja Católica”, disse Pam Spees, a advogada da associação.

Para além do papa, a SNAP associa na sua lista três cardeais que exerceram ou exercem funções de importante responsabilidade na Cúria: o secretário de Estado e número dois da Santa Sé, o italiano Tarcisio Bertone, o seu predecessor Angelo Sodano, também italiano, e o prefeito da congregação para a doutrina da fé, o norte-americano William Levada, que sucedeu no cargo a Joseph Ratzinger quando este foi designado como papa Bento XVI.