Última hora

Última hora

Merkel em apuros

Em leitura:

Merkel em apuros

Tamanho do texto Aa Aa

No seio da coligação governamental dirigida por Angela Merkel estalou a polémica depois de o presidente dos liberais, Philipp Rösler, também vice-chanceler e ministro da economia, ter afirmado que a Grécia poderá abrir falência.

O líder do FDP contrariou assim a linha oficial do executivo de centro-direita, que continua a apostar na resolução do problema grego sem que haja uma reestruturação da dívida.

A opinião pública difere:

“Não podemos ajudar toda a gente. Temos de estar atentos. A Alemanha tem de olhar para si, porque temos cá muitos problemas”, disse uma jovem

berlinense.

“Eu sou uma europeia do coração por isso defendo os planos de ajuda à Grécia, mas por outro lado não sei que consequências terá isso para nós”, confessou outra transeunte.

Rösler afastou também o argumento de que uma falência da Grécia poderia contagiar grandes economias do euro, como a da Espanha e da Itália, considerando o aumento dos juros da dívida pública de Roma “uma medida disciplinadora”.