Última hora

Última hora

Moody's corta notação da Société Générale e Crédit Agricole

Em leitura:

Moody's corta notação da Société Générale e Crédit Agricole

Tamanho do texto Aa Aa

A Moody’s baixou hoje a notação dos bancos franceses Société Générale e Crédit Agricole.

A Société Générale viu a notação passar de AA2 para AA3, numa revisão relacionada com as ajudas em caso de crise.

A classificação do Crédit Agricole caiu de AA1 para AA2. A agência justifica esta descida com a exposição do banco à Grécia.

Para o governador do Banco de França estas não são, necessariamente, más notícias.

Christian Noyer justifica que é “uma descida

muito limitada, de apenas dois bancos, em três. Sobretudo, porque a Moody’s é melhor avaliadora do que as outras agências. Assim, na realidade eles colocam-nos no mesmo nível, ou ligeiramente acima, das outras agências. A Moody’s diz algo muito importante. Diz que o nível de fundos e a rentabilidade dos bancos franceses lhes permite absorver todas as perdas potenciais sobre os riscos soberanos. “

A agência norte-americana manteve a notação do BNP Paribas. A Moody’s ressalva que a instituição bancária não está isenta do risco de degradação e que se mantém sob “vigilância negativa”.