Última hora

Última hora

Paquistão: Chuvas da monção fustigam o sul do país

Em leitura:

Paquistão: Chuvas da monção fustigam o sul do país

Tamanho do texto Aa Aa

No Paquistão, fontes oficiais revelaram que na província de Sindh as cheias obrigaram milhares de pessoas a abandonar as suas casas.

Segundo as mesmas fontes desde agosto já foram destruídas ou danificadas para cima de um milhão de casas e inundados mais de 1,8 milhões de hectares.

Muitas vítimas queixam-se de que o governo não está a fazer o suficiente.

“Aqui a água é muito suja. Não temos nada para comer. Por vezes não comemos durante dois ou três dias. Não há lenha para cozinhar”, queixou-se uma habitante da aldeia de Ghulam.

Por seu lado as autoridades dizem estar a fazer tudo o que podem para ajudar.

Este ano já foi destruído 13 por cento da colheita de algodão, um produto de vital importância.

Carachi, a capital económica do país, também foi atingida pelas chuvas da monção que provocaram inundações, impedindo muitas pessoas de irem trabalhar e crianças de ir à escola.

Em 2010 as inundações fizeram mais de dois mil mortos e 11 milhões de pessoas ficaram sem casa.