Última hora

Última hora

Angela Merkel recusa novamente eurobonds

Em leitura:

Angela Merkel recusa novamente eurobonds

Tamanho do texto Aa Aa

A chanceler alemã quer conduzir a Europa para fora da crise mas sem ser à boleia dos eurobonds.
 
Angela Merkel visitou esta quinta-feira o Salão Automóvel de Frankfurt e voltou a manifestar a sua oposição às obrigações coletivas para a zona euro. Para a chanceler, a coletivização da dívida não vai resolver a crise em que a Europa da moeda comum mergulhou – “Estou convencida que as medidas que começámos a aplicar vão ajudar a ultrapassar a crise, mas temos de dar um passo a seguir ao outro. Só se avançarmos etapa por etapa e não nos precipitarmos em busca da solução, como por exemplo os eurobonds. Eu penso que isto é um erro.”
 
Na Alemanha o argumento é que as obrigações europeias iriam castigar os países que têm as contas públicas em ordem e premiar os Estados com finanças descontroladas, como a Grécia. No que se refere a Atenas, Paul Hacket, da euronews, perguntou ao comissário europeu dos Assuntos Económicos e Monetários o que sabiam os dirigentes europeus que os analistas desconhecem.
 
Olli Rhen respondeu que “o futuro da Grécia é na zona euro, que o país tem de cumprir as metas fiscais e implementar as reformas estruturais necessárias para incrementar o crescimento e a competitividade da economia grega. O que vai permitir convencer os seus parceiros”, concluiu.
 
Entretanto na Grécia multiplicam-se os protestos. Esta quinta-feira os deficientes auditivos manifestaram-se diante do ministério das Finanças, em Atenas, com recurso à linguagem gestual.