Última hora

Em leitura:

Continua o banho de sangue na Síria


Síria

Continua o banho de sangue na Síria

Milhares de sírios voltaram à rua esta sexta-feira por todo o país para reafirmar a determinação de manter as manifestações até a queda do regime de Bashar al-Assad.

Nas últimas 24 horas, a repressão matou perto de quatro dezenas de manifestantes, sinal de que o banho de sangue continua sob o olhar impotente da comunidade internacional.

Apesar da repressão, os militantes dizem-se “mais do que nunca determinados” a derrubar o regime, seis meses após o início da revolta em meados de março.

Desde o início da onda de contestação a repressão fez mais de 2.600 mortos, segundo a ONU, 70.000 sírios foram detidos, mais de 15.000 estão ainda presos e milhares de outros desapareceram.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

ONU establece missão para ajudar a nova Líbia