Última hora

Última hora

Alemanha: Vitória social-democrata em Berlim fragiliza Merkel

Em leitura:

Alemanha: Vitória social-democrata em Berlim fragiliza Merkel

Tamanho do texto Aa Aa

Os sociais-democratas infligiram mais uma derrota embaraçosa à chanceler alemã e visam o governo federal. O presidente da região de Berlim, Klaus Wowereit, conseguiu a eleição para um terceiro mandato consecutivo de cinco anos. Mas os 28 por cento de votos obtidos nas urnas obrigam o SPD a encontrar um parceiro de coligação.

“Nós temos o mandato para explorar as duas possibilidades à nossa frente, por um lado com os Verde e por outro com a CDU para vermos com qual deles podemos concretizar mais políticas sociais-democratas” – afirmou o dirigente do SPD.

Esta foi a sexta derrota em sete eleições regionais este ano para a União Democrata Cristã de Angela Merkel. O governo federal está dividido e fragilizado. Dia 29 o parlamento vota o plano de salvamento da Grécia. Mas apesar dos eurocéticos da CDU e da oposição dos liberais com que partilha o governo, a chanceler alemã assegura que o executivo federal vai continuar a trabalhar. É que “a coligação tem a maioria no parlamento alemão”, sublinha.

Berlim poderá servir de laboratório à política nacional. Os verdes alcançaram 18 por cento dos votos, menos quatro do que a CDU, e podem semear um entendimento para colher frutos mais tarde a nível nacional. Os liberais ficaram fora do parlamento e o partido Pirata foi a surpresa destas eleições ao conseguir 9 por cento dos votos.