Última hora

Última hora

UE pressiona Sérvia

Em leitura:

UE pressiona Sérvia

Tamanho do texto Aa Aa

Enquanto a tensão permanece em algumas fronteiras entre o Kosovo e a Sérvia, a União Europeia pede a Belgrado para normalizar as relações com Pristina.

No terreno, as forças alemãs da KFOR recuaram. Os sérvios removeram barricadas mas garantem que voltam à carga se as tropas da NATO recuperarem posições.

A tensão tem sido uma constante nos últimos dias e a situação piorou quando a missão da Eulex tomou conta de dois postos fronteiriços que separam os dois territórios.

“A KFOR chegou aqui e assumiu o controlo. Nós fizemos barricadas. Estão a tentar, pela força, instalar uma fronteira onde não ela não existe”, explica Slavisa Ristic, Presidente da Câmara de Zupce.

O Primeiro-ministro sérvio deslocou-se, esta segunda-feira, a Bruxelas. Mas enquanto a UE quer tréguas para os sérvios a questão não é pacífica.

“A Sérvia não pode aceitar que, enquanto estamos aqui a falar, o outro lado que tem o apoio de alguns na comunidade internacional, tente mudar a realidade no terreno sem qualquer acordo. Unilateralmente e usando a força.”

A pressão da UE para que Belgrado encontre um entendimento com Pristina é grande, já que o país pretende aderir à UE mas o governo local tem ainda que lidar com a repercussão que o caso tem nas legislativas do próximo ano.