Última hora

Última hora

Líbia: Forças do CNT continuam a deparar com forte resistência

Em leitura:

Líbia: Forças do CNT continuam a deparar com forte resistência

Tamanho do texto Aa Aa

Na Líbia as forças do CNT continuam a deparar com forte resistência em Sirte, a terra natal de Kadhafi, e no e OK Líbia: Forças do CNT continuam a deparar com forte resistência

Na Líbia as forças do CNT continuam a deparar com forte resistência em Sirte, a terra natal de Kadhafi, e no enclave montanhoso de Bani Walid.

Esta segunda-feira a NATO lançou um apelo via rádio aos apoiantes de Kadhafi.

“Deponham as vossas armas, parem de lutar e levantem uma bandeira branca para indicar que se rendem. O mundo está com os olhos postos em vós. Esta é a vossa oportunidade de alinharem com o povo líbio e escolherem o lado justo da história”, ouvia-se na frequência utilizada pelos lealistas.

As forças do Conselho Nacional de Transição reivindicaram o controlo do aeroporto e de outras localidades perto do bastião pró-Kadhafi de Sabha, no sul da Líbia.

Segundo uma autoridade local, em Bani Walid foram travados violentos combates entre as forças das novas autoridades líbias e partidários do regime deposto.

“Todos os rebeldes, ou pelo menos a maioria deles são civis. Estão desorganizados e não têm linhas de comando”, disse um médico em Bani Walid.

Entretanto Mahmud Jibril, do CNT, revelou que o anúncio de um Governo de transição foi adiado “sine die”, para que as consultas sejam finalizadas.

O Governo de transição, deverá ser constituído por 30 membros e será representativo de todas as famílias políticas e de todas as regiões da Líbia.