Última hora

Última hora

Palestina: Netanyahu propõe encontro com Abbas

Em leitura:

Palestina: Netanyahu propõe encontro com Abbas

Tamanho do texto Aa Aa

Numa referência aos esforços diplomáticos em curso para dissuadir os palestinianos de apresentarem o seu pedido de adesão às Nações Unidas, Mahmud Abbas, insistiu que até sexta-feira os seus esforços centrar-se-ão no pedido de adesão à ONU, e que não discutirá outras ideias.

Por seu lado, o primeiro-ministro israelita Benjamin Netanyahu propôs segunda-feira um encontro com o presidente palestiniano, reiterando o seu apelo às negociações diretas.

“Continuamos a acreditar e a salientar que a única forma para encontrar uma solução para os dois estados – que é o que apoiamos e esperamos ver acontecer – é através de negociações. O que vai ou não acontecer esta semana, não terá o desfecho que toda a gente anseia”, disse a secretária de estado americana, Hillary Clinton.

Washington, principal aliado de Israel, já anunciou que usará o seu poder de veto para impedir o reconhecimento de um Estado palestiniano no Conselho de Segurança.

Em Ramallah, os palestinianos estão mais confiantes que nunca.

“Queremos um Estado palestiniano independente que seja reconhecido pelo estado judeu”, disse um habitante.

“Sou contra a proposta israelita porque não reconhece toda a Palestina. A nossa fronteira de 1948 não é reconhecida”, disse uma jovem daquela cidade.

Os palestinianos acreditam no êxito da missão de Mahmud Abbas e preparam já a celebração da entrada do seu país para o seio das Nações Unidas.