Última hora

Última hora

Líbia: forças do novo regime preparam ofensiva final

Em leitura:

Líbia: forças do novo regime preparam ofensiva final

Tamanho do texto Aa Aa

Pode-se dizer que é a calma antes da tempestade, pelo menos é o que tudo leva a crer.
 
Na frente leste e oeste, as forças do novo regime líbio fizeram uma pausa nos combates. O objetivo, dizem, é a reorganização.
 
Em Ben Walid, os militares preparam o assalto final à localidade, ainda em poder das forças leais a Kadhafi.
 
Para o comandante de uma unidade próximo a Zawiyah, o principal problema é a coordenação entre as brigadas.
 
“Há vários problemas, falta de armas e homens que supostamente deveriam estar na retaguarda. Estamos a lutar desde manhã mas não percebemos porque é que tantos grupos à retaguarda recuaram. Decidimos avançar e deparámo-nos com muita resistência”, afirmou o comandante Mahmoud Al Nafati.
 
Outro foco de resistência pró-Kadhafi é Sirte onde se concentram grande parte das forças opostas ao novo regime.
 
Os antigos rebeldes fizeram avanços mas ainda não controlam a cidade.
 
A pausa nos combates está a ser aproveitada pela população civil para escapar da cidade.
 
“Por todo o lado só se vê destruição, combates e famílias mortas. As pessoas tentam escapar, ninguém consegue ficar em casa. Todos querem fugir mas têm medo. Nem acredito que conseguimos escapar com vida”, afirma uma mulher que conseguiu escapar da localidade.
 
Entretanto, a NATO já anunciou o prolongamento da campanha na Líbia por mais três meses.