Última hora

Última hora

Abbas submete aplicação para reconhecimento da Palestina na ONU

Em leitura:

Abbas submete aplicação para reconhecimento da Palestina na ONU

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente da Autoridade Palestiniana pediu oficialmente o reconhecimento da Estado palestiniano na Assembleia Geral das Nações Unidas. Mahmoud Abbas foi fortemente ovacionado. Considerou os colonatos israelitas como o principal obstáculo à paz e acusou Israel de não querer negociar segundo o direito internacional.

“Senhor presidente, quero informá-lo antes de me dirigir à Assembleia que, nas funções de presidente do comité executivo da OLP, entreguei ao secretário-geral da ONU uma aplicação para a adesão da Palestina com as fronteiras de 4 de junho de 1967 e a sua capital Jerusalém a membro de pleno direito das Nações Unidas”, declarou.

Caso o documento chumbe no Conselho de Segurança – o que deverá acontecer pois os Estados Unidos irão apresentar um veto – há ainda a possibilidade da Assembleia Geral aprovar uma resolução considerando a Palestina um Estado observador não-membro da ONU.

Abbas fez um apelo. “O apoio das nações do mundo à nossa ação significa a vitória do direito, da justiça, da liberdade e da lei internacional”, disse.

Atualmente, os palestinianos têm o estatuto de observadores. Israel opõe-se fortemente à ambição palestiniana e não cede um milímetro. Logo de seguida na Assembleia Geral, o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu convidou Abbas a iniciar de imediato negociações de paz.