Última hora

Última hora

Promessas dos G20 não convencem mercados europeus

Em leitura:

Promessas dos G20 não convencem mercados europeus

Tamanho do texto Aa Aa

As bolsas europeias mergulham uma vez mais no vermelho, depois do “mini-crash” desta quinta-feira.

As sessões até arrancaram em terreno positivo, animadas pelas promessas dos G20 em combater a crise, mas acabaram por inverter a tendência.

O arrefecimento da economia mundial e o agravamento da crise europeia estão a pressionar os mercados.

“É uma crise da dívida, uma crise financeira e dos bancos, por isso no futuro é preciso batalhar contra esta dívida astronómica na União Europeia, mas estes problemas levarão muito tempo a resolver”, diz Gabriele Widmann, do Deka Bank.

A conjuntura europeia continua a deixar os investidores nervosos. Frankfurt liderava as perdas acima dos 3%, acompanhado por Paris, com uma quebra a superar os 2%. Madrid e a praça nacional recuavam mais de 1,5%.

Fora dos mercados acionistas, o barril de ‘brent’, a principal referência para as importações portuguesas, desvalorizava mais de 1%, cotando nos 104 dólares.

O euro registava uma apreciação ligeira face à moeda verde, cotando nos 1,35 dólares.