Última hora

Última hora

40 mortos em nova jornada de violência no Iémen

Em leitura:

40 mortos em nova jornada de violência no Iémen

Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos 40 pessoas morreram na capital do Iémen, em confrontos entre militares dissidentes e forças leais ao presidente Ali Abdullah Saleh, de regresso ao país.

Os combates deste sábado elevam para mais de 170 o número de vítimas mortais da vaga de violência registada durante a última semana em Saná.

Segundo testemunhas e fontes médicas, o balanço final do ataque do exército à praça da Mudança, epicentro da contestação anti-Saleh, na noite de sexta-feira para sábado, é de 17 mortos.

O presidente iemenita regressou na sexta-feira ao país, depois de três meses na Arábia Saudita a recuperar do ataque contra o palácio presidencial em Saná, a 3 de Junho.

Há 33 anos no poder, Saleh continua a resistir às pressões externas e internas para abandonar o poder. Os países do Golfo propuseram a demissão do chefe de Estado, em troca de imunidade.