Última hora

Última hora

Forças líbias entram em Sirte, cidade natal de Kadhafi

Em leitura:

Forças líbias entram em Sirte, cidade natal de Kadhafi

Tamanho do texto Aa Aa

Apoiadas por aviões da NATO, as forças anti-Kadhafi lançaram um novo assalto a Sirte, mas estão a enfrentar forte oposição da parte de snipers num dos últimos bastiões do coronel que continua em parte incerta.

O ataque já fez duas vítimas entre os antigos rebeldes.

A conquista da cidade natal de Muammar Kahdafi tem um importante valor simbólico para o governo de transição que controla já praticamente todo o país.

A NATO não quer adiantar muito sobre as operações em Sirte mas admitiu ter atingido uma série de alvos entre os quais um depósito de armas e artilharia antiaérea.

Nos últimos dias as forças anti-Kadhafi tinham retirado de Sirte e de Bani Walid, outra das cidades que recusa render-se.

A partir do exílio na Argélia, a filha de Muammar Kadhafi, Aicha fez as primeiras declarações públicas desde a queda de Tripoli há 1 mês, afirmando que o pai está “animado” e a “lutar lado a lado com os seus guerreiros”.

Na declaração de quarto minutos divulgada na noite passada, Aicha critica ainda os líderes árabes “que ajudaram no massacre do povo líbio” e apela aos “leões” de Tripoli e outras cidades para lutarem.

O governo de transição oferece a amnistia e uma recompensa de cerca de 1 milhão de euros a quem capturar ou matar Muammar Kadhafi.