Última hora

Última hora

Pedido de Abbas vai ser analisado segunda-feira

Em leitura:

Pedido de Abbas vai ser analisado segunda-feira

Tamanho do texto Aa Aa

O pedido de adesão da Palestina como membro de pleno direito da ONU vai começar a ser analisado esta segunda-feira.

A decisão está nas mãos dos 15 membros do Conselho de Segurança onde os palestinianos dizem ter garantidos cinco votos favoráveis.

Para ser aprovada a proposta necessita de uma maioria de nove e de não ter qualquer veto dos membros permanentes do Conselho.

“Senhor presidente, quero informá-lo antes de me dirigir à Assembleia e, enquanto presidente do comité executivo da OLP, que apresentei ao secretário-geral da ONU o pedido de adesão da Palestina assente nas fronteiras de 04 de junho de 1967 e com a capital em Jerusalém Oriental, como membro de pleno direito das Nações Unidas” refere Abbas.

Brasil, China, Líbano, Rússia e África do Sul já se mostraram a favor da adesão de pleno direito. Mas o veto anunciado dos Estados Unidos no Conselho de Segurança promete deitar por terra as aspirações palestinianas.

Mahmoud Abbas insiste que o reconhecimento do Estado Palestiniano é um direito e um caminho para a paz.

O pedido já foi entregue à missão do Líbano, que este mês assegura a presidência rotativa do Conselho de Segurança.

“Recebi do secretário-geral das Nações Unidas uma carta com o pedido de adesão da Palestina. Passei esse documento a todos os membros do Conselho de Segurança, membros esses, que vão debruçar-se sobre o pedido esta segunda-feira à tarde” afirma Nawaf Salam, presidente do Conselho de Segurança das Nações Unidas.