Última hora

Última hora

Tempo e artilharia são armas nas cidades líbias cercadas

Em leitura:

Tempo e artilharia são armas nas cidades líbias cercadas

Tamanho do texto Aa Aa

As forças do Conselho Nacional de Transição líbio não recuam nem avançam no terreno. Syrte, a cidade natal de Muammar Kadhafi, e Bani Walid estão aos pés dos rebeldes, mas agora joga-se a cartada do tempo.

Em Syrte, há relatos de que as condições de vida deterioram-se cada vez mais – escassez de água, de alimentos e falta de eletricidade. Testemunhas dizem também que mercenários oriundos do Chade, estarão a usar civis como escudos humanos.

Em Bani Walid, igualmente rodeada pelas forças rebeldes, trava-se uma guerra de artilharia. No plano político, lutas internas estão a impedir a criação de um governo oficial, que deveria ter tomado posse no dia 18.

Reconhecido pela ONU, o Conselho Nacional de Transição tinha anunciado que contava governar o país até a criação de uma Assembleia Constituinte e eleições gerais um ano mais tarde.