Última hora

Última hora

Deserções aumentam nas fileiras do regime sírio

Em leitura:

Deserções aumentam nas fileiras do regime sírio

Tamanho do texto Aa Aa

Os militares sírios regressaram em força a Rastan, no centro do país, reduto de soldados desertores que pegaram em armas para tentar derrubar o regime de Damasco.

A cidade, de 40 mil habitantes, foi atacada durante a noite e madrugada por blindados e helicópteros, mas hoje milhares de habitantes saíram à rua e concentram-se no centro de Rastan para se manifestarem contra o presidente Bashar Al Assad.

Centenas de soldados fugidos das fileiras do regime criaram nesta região o Batalhão Khaled Bin al Walid, assim chamado em homenagem ao conquistador árabe da síria.

Na segunda-feira uma gravação vídeo posta a circular na internet mostrava mais uma deserção.

Um homem de uniforme apresentava-se como sendo o capitão Youssef Hamoud, na unidade cinco, brigada 15 do exército sírio e anunciava que tinha desertado para combater em Rastan.