Última hora

Última hora

Plano para taxar operações financeiras

Em leitura:

Plano para taxar operações financeiras

Tamanho do texto Aa Aa

Barroso apresenta, esta quarta-feira, um plano para taxar as operações financeiras.

Já se sabe que vai contar com a oposição de muitos setores ligados aos mercados financeiros. Dizem que isso vai afastar os investidores.

Durão Barroso deve argumentar com a necessidade de gerar fundos que previnam eventuais crises no sistema bancário.

Michel Barnier, o comissário para o mercado interno diz que o futuro imposto é politicamente justo:

“Uma taxa sobre as transacções financeiras será economicamente suportável pelos serviços financeiros, trará muito dinheiro e será politicamente justa”.

A receira gerada pela nova taxa pode oscilar entre os 30 e os 50 mil milhões de euros por ano.

Com uma taxa de 0.1 por cento sobre obrigações de 0.01 por cento sobre os derivados, o produto dos bancos teria uma quebra de apenas 1.76 por cento.