Última hora

Última hora

Hong Kong e Macau sentem efeitos do Nesat

Em leitura:

Hong Kong e Macau sentem efeitos do Nesat

Tamanho do texto Aa Aa

Hong Kong e Macau encerraram quase por completo face à passagem do Tufão Nesat que deixou um rasto de destruição nas Filipinas.
 
Em Hong Kong as consequências foram menos mortíferas. Não existe o registo de mortes, mas há feridos a lamentar. Pelos menos duas pessoas no interior de um automóvel receberam tratamentos médicos, depois de uma estrutura ter desabado.
 
As autoridades tinham elevado o alerta de Tufão para o nível 8 de uma escala até 10. No entanto, o centro do tufão não chegou a terra, passou a 390 quilómetros ao largo da região chinesa. Mesmo assim os ventos de 120 quilómetros por hora e a forte ondulação que se fizeram sentir provocaram estragos.
 
As amarras de um navio soltaram-se, a embarcação colidiu contra um molhe. Vários apartamentos tiveram que ser evacuados.
 
A força destruidora do Nesat segue agora para o Vietname do Norte.
 
Nas Filipinas pelo menos 35 pessoas perderam a vida, 45 estão dadas como desaparecidas.

Quanto aos danos, o governo declarou que só na cultura do arroz os prejuízos elevam-se aos 11 milhões de euros.