Última hora

Última hora

Ambição espacial chinesa dá importante passo

Em leitura:

Ambição espacial chinesa dá importante passo

Tamanho do texto Aa Aa

Um disparo em direção a um ambicioso plano nas estrelas. A China lançou o primeiro módulo de ensaio de um programa que visa dotar o império do meio de uma estação espacial em 2020.
 
O foguetão Longa Marcha 2F partiu com sucesso do centro espacial de Jiuquan no deserto de Gobi ao início da noite. A bordo levava a nave Tiangong-1, que em português significa “palácio celeste”.
 
A Agência espacial chinesa pretende realizar testes de acoplagem de forma a poder construir com sucesso a referida estação espacial. A fase decisiva será quando dentro de semanas for lançada a nave de oito toneladas Shenzou 8 que deverá acoplar com a Tiangong.