Última hora

Última hora

Londres teme taxa sobre operações financeiras

Em leitura:

Londres teme taxa sobre operações financeiras

Tamanho do texto Aa Aa

Se a Europa adoptar uma taxa sobre operações financeira, a city de Londres pode sofrer graves consequências.

É isso que dizem o Governo do Reino Unido e os profissionais do setor financeira que trabalham na mítica praça londrina.

Temem que os investidores fujam para outras paragens e, com eles, irá o dinheiro, criando desemprego:

“A cidade argumentaria que um imposto especifico para as transações financeiras não resolve os problemas e não evita outros problemas futuros. Isso conduzirá a atividade, o investimento e os empregos para longe de Londres”, diz um profissional.

Um porta-voz do Ministério das Finanças disse que a taxa só terá alguma eficácia, se for aplicada em todo o mundo. Caso contrário, o dinheiro vai à procura de regimes fiscais mais benevolentes.

Durão Barroso tem outra opinião:

“É a hora para que o setor financeiro faça uma contribuição de retorno à sociedade”.

A nova taxa tem um impacto reduzido no lucro do bancos. No máximo será de 1.76 por cento.

Para a Europa, pode render entre 30 a 50 mil milhões de euros.