Última hora

Última hora

Chile:estudantes começam a negociar com o governo

Em leitura:

Chile:estudantes começam a negociar com o governo

Tamanho do texto Aa Aa

Os estudantes do Chile sentaram-se, finalmente, à mesa de negociações com o ministro da Educação, depois de cinco meses de mobilização nas ruas, que se estendeu a todo o país e a diversos setores da sociedade.

As primeiras conversações nâo foram conclusivas, um novo encontro está agendado para a próxima semana. A porta-voz dos estudantes, Camila Vallejo, conta que as conversas com o governo foram tensas mas no final eles conseguiram manter sobre a mesa a principal exigência: educação gratuita, que será o principal tema da próxima reunião”.

Entretanto, o governo pede aos estudantes que regressem às escolas, mas estes respondem que o regresso depende da boa vontade do governo. Um braço-de-ferro sem fim à vista.

Os protestos continuam nas ruas. Dezenas de milhares de pessoas manifestaram-se, ontem, em Santiago, a capital do Chile e muitos envolveram-se em confrontos com a polícia anti-motim, que utilizou canhões de água e gás lacrimogéneo para dispersar os manifestantes.