Última hora

Última hora

Arranca campanha para primeira eleição da Tunísia pós-Ben Ali

Em leitura:

Arranca campanha para primeira eleição da Tunísia pós-Ben Ali

Tamanho do texto Aa Aa

Na Tunísia, arrancou oficialmente este sábado a campanha eleitoral para umas eleições históricas. A Tunísia é o primeiro país da “Primavera Árabe” a ir às urnas, a 23 de Outubro, para eleger uma assembleia constituinte.

Contrastando com décadas de um sistema monopartidário, o embaraço está na escolha: as cerca de 1500 listas que se apresentam nas 27 circunscrições tunisinas contam com perto de 11 mil candidatos.

O ministro dos Negócios Estrangeiros do governo de transição, Mohamed Mouldi Kefi, explica que “existe alguma preocupação por parte das forças de segurança e da própria população”, mas o executivo “conta com a sabedoria do eleitorado e dos cidadãos tunisinos”. Este voto “servirá provavelmente de modelo para outros”.

O escrutínio tem lugar nove meses depois da revolta popular que levou à queda do regime de Ben Ali, a 14 de Janeiro.

O governo interino pretende também afastar as críticas da oposição, depois de violentos protestos motivados pelos atrasos na organização do voto.