Última hora

Última hora

EUA: manifestação em Brooklyn acaba em detenção de 700 pessoas

Em leitura:

EUA: manifestação em Brooklyn acaba em detenção de 700 pessoas

Tamanho do texto Aa Aa

“Abram as cancelas, abram as cancelas” gritava em uníssono o grupo de manifestantes que se juntou à ponte de Brooklyn para exigir a sua reabertura.

A manifestação começou perto das 3 da tarde mas só hoje de manhã a ponte regressou à normalidade.

No decorrer dos protestos, mais de 700 protestantes anti-Wall Street foram detidos.

Um porta-voz da polícia disse que o grupo foi avisado para permanecer fora da zona transitável, e se alguém ocupasse a estrada seria detido.

Esta é já a segunda semana de protestos pelo movimento “Ocupar Wall Street.

O excesso de força policial, o injusto tratamento das minorias e o resgate dos bancos de 2008, são os motivos da marcha.

“Estávamos apenas aqui parados, dizendo o que achamos, a tentar caminhar pela ponte e os polícias apareceram de uma forma tumultuosa, empenhando os seus bastões sem motivo nenhum.

Começaram a escolher pessoas na linha da frente. Qualquer um nessa posição, preto, castanho, era atirado imediatamente para o chão. Quem tivesse a cara coberta com uma fita ou mesmo quem mostrasse sinais de paz era arrastado.”

Em Denver surgiram também focos da manifestação.

Antes de partirem para a baixa da cidade os manifestantes gritavam em uníssono “ocupar as ruas”.

Protestos que se estenderam a Los Angeles, onde um grupo rumou em direção à prefeitura da cidade, e têm-se espalhado a outros pontos da América.