Última hora

Última hora

Fiat abandona Cofindustria

Em leitura:

Fiat abandona Cofindustria

Tamanho do texto Aa Aa

A Fiat vai abandonar a Cofindustria, a confederação patronal italiana. Uma decisão marcante, uma vez que a Fiat é a espinha dorsal do patronato.

O presidente da maior empresa italiana informou que a Fiat e a Fiat Industrial vão abandonar a organização no dia 1 de janeiro.

Numa carta, publicada segunda-feira, a Fiat explica que não pode operar em Itália “num quadro de incerteza incongruente com as condições existentes noutros lugares do mundo industrializado”.

Em 2010, em Itália, o volume de negócios da construtora atingiu os 9,7 mil milhões de euros. O grupo detinha 44 fábricas e mais de 63 mil empregados no país.

Há meses que a Fiat ameaçava abandonar o patronato se a reforma do modo de negociação dos contratos de trabalho não fosse suficientemente longe.

Um acordo assinado entre os parceiros sociais e uma medida do último plano de rigor do Governo legitimaram os acordos já adotados em determinadas fábricas do grupo.