Última hora

Última hora

Família Kercher reage com prudência

Em leitura:

Família Kercher reage com prudência

Tamanho do texto Aa Aa

A família de Meredith Kercher, a vítima, já reagiu à decisão do tribunal de segunda instância de Perouse que ilibou dois dos suspeitos.

O irmão diz que é difídil compreender, como foi alterada a primeira decisão que condenava a Amanda Knox a 26 anos de prisão:

“Nós aceitamos a decisão proferida ontem, respeitamos o tribunal e, naturalmente, o sistema judicial italiano. Estamos a ver isto de novo e, obviamente, a pensar como foi possível alterar uma decisão que tinha sido tomada há dois anos”.

Respeito pela decisão do tribunal, de uma família que parece inconformada.

A mãe da vítima não esquece o pesadelo, provocado por um acontecimento terrível:

“As nossas vidas foram interrompidas com o que aconteceu à minha filha Meredith, é um pesadelo para os pais, Um acontecimento terrível, quando, de facto, ela estava no lugar o mais seguro: o seu quarto”.

Meredith Kercher, uma estudante inglesa, de Leeds, foi vitimada por 43 golpes de faca doméstica, em condições que nunca foram totalmente apuradas.

O crime ocorreu dentro da casa que dividia com a colega americana, Amanda Knox.

Se o pesadelo acabou para duas famílias, há uma terceira que se sente injustiçada.