Última hora

Última hora

Figura de destaque da PJ francesa acusada de corrupção

Em leitura:

Figura de destaque da PJ francesa acusada de corrupção

Tamanho do texto Aa Aa

O número dois da polícia judiciária de Lyon, a segunda cidade de França, foi formalmente acusado de corrupção, tráfico de influências, associação criminosa e tráfico de estupefacientes.

Michel Neyret foi interrogado por dois juízes durante cerca de quatro horas e em seguida foi posto em detenção provisória, medida rara para um polícia.

A advogada de defesa, Aurélie Sauvayre, explica que Michel Neyret “reafirma e confirma o que já disse. Tem muito orgulho do seu trabalho de polícia e pretende explicar-se em relação a isso. Tem coisas para dizer.”

Michel Neyret reconhece algumas das acusações que lhe são feitas como a utilização de droga para pagar os seus indicadores.

Neyret, número dois da PJ de Lyon há 20 anos, justifica os seus atos com métodos relacionados com a profissão, mas fontes próximas da investigação falam de práticas diferentes, muito próximas da corrupção e do benefício pessoal.