Última hora

Última hora

Amanda Knox já chegou a casa

Em leitura:

Amanda Knox já chegou a casa

Tamanho do texto Aa Aa

Amanda Knox já está em casa. A jovem norte-americana, absolvida na segunda-feira do crime de homicídio, aterrou em Seattle durante a madrugada.

À chegada tinha vários jornalistas à espera de uma primeira declaração após ter passado quatro anos na prisão.

Muito comovida, Knox, de 24 anos, afirmou que “estava a olhar pela janela do avião e tudo parecia irreal. Para mim é importante dizer obrigado a todos os que sempre acreditaram em mim, que me defenderam, que apoiaram a minha família”

Amanda Knox foi absolvida por um tribunal superior italiano da condenação em primeira instância a 26 anos de prisão por homicídio, em 2007, da colega britânica Meredith Kercher.

O caso poderá ainda ser levado para a mais alta instância judicial italiana, mas como explica a procuradora-adjunta, Manuela Comodi, mesmo “se o Supremo Tribunal vier a reconhecer que este veredicto é errado, uma sentença e eventual condenação definitiva nunca seria aplicada” porque muito dificilmente os Estados Unidos extraditariam a jovem norte-americana para Itália.”

A decisão do tribunal deixou a família Kercher sem respostas para o homicídio da filha. Meredith, estudante de Leeds de 21 anos, foi encontrada morta, com 43 golpes de faca de cozinha, num apartamento da cidade de Perúgia, que partilhava com Amanda Knox. A autópsia revelou que a jovem foi também violada.