Última hora

Última hora

Abbas pede apoio ao Conselho da Europa

Em leitura:

Abbas pede apoio ao Conselho da Europa

Tamanho do texto Aa Aa

“Contamos convosco” foram as palavras de Mahmoud Abbas à plateia do Conselho da Europa.

Fortalecido pela vitória, quarta-feira, na Unesco, o presidente da Autoridade Palestiniana pediu aos europeus apoio à «primavera palestiniana» e ao pedido de adesão às Nações Unidas. E fez promessas…

“Reafirmamos o aspeto pacífico da nossa iniciativa porque rejeitamos a violência e o terror em todas as suas formas, em particular o terrorismo de Estado e o praticado por colonos armados. Vamos pôr fim à esperança deles nos verem afundar no extremismo. Nós não vamos cair na armadilha do extremismo.”

A questão não é pacífica no seio do Conselho da Europa mas, para Saeb Erekat, negociador e político palestiniano o velho continente tem que agir.

“Agradecemos o facto dos europeus terem sido financiadores, mas queremos que entrem no jogo. Não estou a dizer que acordei um dia e senti a minha consciência apaixonada pela Europa. Falo de geopolítica, de história, de interesses. E se precisamos de secar o pântano do extremismo na nossa região precisamos de fazê-lo em relação à reocupação. Acreditamos que a Europa deve ser o parceiro principal, o principal jogador, e é nisso que estivemos a trabalhar todo este tempo.”

Mesmo com a oposição americana, na quarta-feira, os palestinianos conseguiram uma vitória diplomática com a aprovação de uma recomendação para que a Unesco aceite a Palestina como membro de pleno direito.