Última hora

Em leitura:

África do Sul: Recusa de visto ao Dalai Lama gera crise política


África do Sul

África do Sul: Recusa de visto ao Dalai Lama gera crise política

A recusa do governo sul-africano em atribuir um visto ao Dalai Lama está a provocar uma séria crise política no país. A decisão esteve mesmo na origem de várias manifestações nas quais participaram muitos membros do Congresso Nacional Africano, no poder.

O Dalai Lama devia visitar a África do Sul a convite do Prémio Nobel da paz Desmond Tutu que faz 80 anos.

Em conferência de imprensa, o antigo arcebispo anglicano afirmou que “o atual governo da África do Sul é pior do que o do tempo do apartheid. O nosso governo que me representa, a mim, diz que não vai apoiar os tibetanos que estão a ser oprimidos violentamente pelos chineses. Senhor Zuma, você e seu governo não me representam a mim, representam os vossos próprios interesses.”

O Dalai Lama já esteve várias vezes na África do Sul. Em 1996 foi recebido por Nelson Mandela, então presidente, e voltou ao país em 1999 e 2004.

Em 2009 foi-lhe negada a entrada no país. Na altura, Jacob Zuma já era o presidente sul-africano.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Parlamento turco dá "luz verde" a mais um ano de raides no norte do Iraque