Última hora

Última hora

Espanha vai integrar escudo antimíssil da NATO

Em leitura:

Espanha vai integrar escudo antimíssil da NATO

Tamanho do texto Aa Aa

A Espanha concluiu um acordo com os Estados Unidos e a NATO para participar no escudo antimíssil da Aliança Atlântica. O território espanhol irá acolher quatro navios de guerra norte-americanos equipados de intercetores até 2013.

No anúncio do acordo, em Bruxelas, o primeiro-ministro espanhol fez questão de frisar que o sistema de defesa da NATO “é uma iniciativa que tem como objetivo dissuadir. É apenas defensiva e não tem nenhum alvo”. José Luis Rodriguez Zapatero acrescentou que “a Aliança pretende garantir a proteção de todo o território europeu e os seus cidadãos contra a crescente ameaça de mísseis em Estados que não respeitam as leis internacionais”, numa referência implícita ao Irão.

Apesar da oposição russa, que vê o projeto como uma ameaça, os 28 países da NATO deram, em 2010, “luz verde” ao sistema de defesa. A Turquia, a Polónia e a Roménia oficializaram a participação nos últimos meses e deverão seguir-se em breve outros países.