Última hora

Última hora

UNESCO vai votar estatuto da Palestina na agência da ONU

Em leitura:

UNESCO vai votar estatuto da Palestina na agência da ONU

Tamanho do texto Aa Aa

A Autoridade Palestiniana deu um passo importante rumo à aquisição do estatuto de membro da UNESCO.

O Conselho Executivo da agência da ONU para a Educação, a Ciência e a Cultura decidiu levar a questão do estatuto de membro para a Palestina a votos ainda este mês.

Os 193 países membros deverão exprimir-se sobre a questão na próxima conferência geral da UNESCO, na sede em Paris, marcada para entre os dias 25 de outubro e 10 de novembro.

O embaixador palestiniano na agência, Elias Sanbar, referiu que “é o início de uma nova era. Uma era em que a Palestina, depois de ter visto os seus direitos reconhecidos, poderá finalmente exercer de forma total, responsável, autónoma, livre e soberana, as suas atividades em todos os domínios.”

Dos 40 membros do Conselho Executivo que tomaram a decisão, quatro votaram contra, entre eles os Estados Unidos. Em Washington, a porta-voz do Departamento de Estado, Victoria Nuland, teve que explicar o voto negativo do seu governo.

“Temos um processo a decorrer no Conselho de Segurança, no qual os Estados Unidos participam, por isso é incoerente tomar decisões sobre as agências da ONU antes de o Conselho de Segurança da ONU ter tido a oportunidade de deliberar.”

Os Estados Unidos já tornaram público que vão vetar o pedido de admissão enquanto membro da Palestina nas Nações Unidas. O pedido foi formalmente entregue pelo presidente da Autoridade Palestiniana Mahmud Abbas ao secretário-geral da ONU Ban Ki-Moon no dia 23 de setembro.