Última hora

Em leitura:

Polónia: Donald Tusk reconquista a maioria absoluta


Polónia

Polónia: Donald Tusk reconquista a maioria absoluta

A Plataforma Cívica do primeiro-ministro Donald Tusk alcançou um feito histórico ao conquistar uma segunda legislatura consecutiva inédita desde o fim do comunismo na Polónia, em 1989. As projeções dão cerca de 40 por cento ao partido de Tusk, o que lhe dá a maioria absoluta com o parceiro de coligação.

“Eu sei que os próximos quatro anos serão um desafio ainda maior porque vai ser preciso trabalhar a dobrar e agir duas vezes mais rápido. É que os polacos têm direito a uma qualidade de vida cada vez melhor” – afirmou Donald Tusk assim que foram anunciados os primeiros resultados.

O Partido da Lei e da Justiça do eurocético Jaroslaw Kaczynski não foi além dos 30 por cento. O antigo primeiro-ministro falhou o regresso à chefia do executivo que ocupou em 2006 e 2007.

“Uma grande parte dos polacos, embora desconheça neste momento a quantidade, pensa que o se passa atualmente é bom para o país.” – Foi desta forma que reagiu o líder partidário assim que foram conhecidos os primeiros resultados.

A surpresa eleitoral veio do dissidente da plataforma cívica, o milionário Janusz Polikot. O seu movimento em defesa dos direitos homossexuais, da legalização do aborto e das drogas leves e com um discurso anticlerical obteve 10 por cento e tornou-se a terceira força política do país.

30 milhões de eleitores foram chamados às urnas para eleger 460 deputados e 100 senadores.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Sarkozy e Merkel prometem resposta à crise do euro até Novembro