Última hora

Última hora

França: Hollande e Aubry na segunda volta das primárias socialistas

Em leitura:

França: Hollande e Aubry na segunda volta das primárias socialistas

Tamanho do texto Aa Aa

François Hollande e Martine Aubry: um deles vai ser o candidato socialista às eleições presidenciais francesas do próximo ano.

Sem surpresas, Hollande, antigo líder do partido, e Aubry, filha de Jacques Delors e ex-ministra do Trabalho, passaram à segunda volta das primárias, no próximo domingo.

Hollande, favorito nas sondagens, ficou em primeiro lugar, com 39% dos votos e promete que, graças a ele, a França vai voltar a ter um presidente socialista: “Façam de forma a que, na noite da segunda volta, dentro de uma semana, seja eu o candidato que vai permitir à França recuperar a confiança no futuro. Sou o candidato da mudança”, disse o ex-companheiro de Ségolène Royale, a candidata de 2007, que desta vez não foi além dos 7%.

Segundo as últimas sondagens, Hollande bate o atual presidente Nicolas Sarkozy nas presidenciais de 2012.

Estas primárias, abertas a todos os eleitores de esquerda (mediante o pagamento de um euro e a adesão a uma carta de valores), tiveram uma participação de mais de dois milhões de pessoas.

Aubry, que suspendeu temporariamente o exercício do cargo de secretária-geral do partido, ficou em segundo lugar, com 31%: “Na segunda volta, vou defender uma mudança de fundo e é nessa base que quero juntar todos aqueles que querem mudar o nosso país. Estou bem posicionada para incarnar essa união e derrotar Sarozy em 2012”.

A surpresa desta primeira volta foi o resultado expressivo de Arnaud Montebourg, que representa a ala esquerda do partido e ficou em terceiro com 17%. Montebourg vai ser o fiel da balança, na segunda volta.