Última hora

Última hora

Bombas e ataques suicidas voltam a ensanguentar Bagdad

Em leitura:

Bombas e ataques suicidas voltam a ensanguentar Bagdad

Tamanho do texto Aa Aa

Uma série de explosões simultâneas e atentados suicidas contra alvos da policia mataram pelo menos 14 pessoas em Bagdá.

O número de mortos ainda não é definitivo, segundo o Ministério do Interior que confirmou igualmente a existência de perto de perto de 80 feridos.

Os ataques visaram três posto da polícia iraquiana, enquanto um quarto atingiu um carro-patrulha.

Um dos atentados foi contra a esquadra de Alauia, no centro da cidade. Um carro-bomba conduzido por um terrorista suicida explodiu na entrada do local e causou a morte de cinco pessoas – três delas agentes – e feriu outras 25.

A presença de militares estrangeiros no país está cada vez mais reduzida. Apenas algumas centenas deverão continuar como formadores das tropas iraquianas.