Última hora

Última hora

Comandante de navio encalhado em tribunal

Em leitura:

Comandante de navio encalhado em tribunal

Tamanho do texto Aa Aa

O comandante do porta-contentores encalhado na costa neozelandesa já foi presente a tribunal e acusado de navegação perigosa. O navio de pavilhão liberiano encalhou num recife na semana passada e começou a derramar combustível.

O comandante é de origem filipina e a sua identidade foi protegida a pedido do advogado de defesa com o receio de que se faça justiça popular. De 44 anos, o arguido vai aguardar em liberdade. Pode ser condenado a uma multa de cerca de sete mil euros ou 12 meses de prisão.

O navio transportava 1370 contentores, 11 dos quais com substâncias perigosas. As autoridades anunciaram que o mau tempo está a dificultar as operações de resgate e limpeza das 300 toneladas de óleo já libertadas para o mar.

O acidente é considerado a pior catástrofe ambiental numa região paradisíaca, conhecida enorme diversidade marinha.