Última hora

Última hora

Sérvia: diálogo com Kosovo condiciona estatuto de candidato à UE

Em leitura:

Sérvia: diálogo com Kosovo condiciona estatuto de candidato à UE

Tamanho do texto Aa Aa

Bruxelas recomendou a candidatura Sérvia à União Europeia. O chefe da missão europeia em território sérvio formalizou o anúncio com a entrega do relatório do executivo comunitário ao chefe do governo de Belgrado.

Mas o país precisa de relançar o diálogo estagnado com o Kosovo até à cimeira da União Europeia de 9 de Dezembro, para obter o almejado estatuto.

O comissário para o Alargamento, Stefan Füle, frisou que Bruxelas “deixou bastante claro que a União Europeia não está preparada para importar problemas, o que significa que o processo de normalização [de relações] precisa de ser concluído, dentro do período de negociações de adesão”.

Enquanto as autoridades sérvias felicitavam o passo dado por Bruxelas, dezenas de ultranacionalistas protestavam em Belgrado contra a abertura do caminho em direção ao bloco comunitário. Uma mulher afirmava que “Bruxelas vai continuar a chantagear os sérvios, sobretudo a respeito do Kosovo”.

Mas também há quem diga que “é uma boa notícia, embora a questão seja se [a Sérvia] chegará a aderir, porque a União Europeia pede sempre mais alguma coisa”.

A Sérvia apresentou a candidatura no fim de 2009, mas só caiu nas boas graças de Bruxelas depois da detenção, este ano, dos últimos criminosos de guerra procurados pelo Tribunal Penal Internacional para a ex-Jugoslávia.