Última hora

Última hora

Shalit vai ser libertado

Em leitura:

Shalit vai ser libertado

Tamanho do texto Aa Aa

Israel e o Hamas estabeleceram um acordo para libertar o militar israelita Gilad Shalit, capturado em 2006 durante o assalto de militantes do movimento islâmico na fronteira.

A moeda de troca são mil prisioneiros palestinianos. As negociações já se arrastavam há muito tempo e agora, com a eventual mediação egípcia e alemã, o acordo foi alcançado.

O compromisso não tem nada a ver com o recomeço das negociações de paz, mas poderá criar um melhor ambiente nos esforços diplomáticos para encontrar uma solução para o conflito.

Mark Regev, porta-voz do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu: “Pensamos que o acordo é equilibrado. Minimiza os riscos de segurança e claro traz de forma expedita Gilad Shalit para a sua família, de regresso a Israel”, anunciou Regev.

O caso de Gilad Shalit mobilizou a opinião pública em torno da família do militar, que se mobilizou além-fronteiras para conseguir o resgate do filho.