Última hora

Última hora

Tentativa de assassinato do embaixador saudita aumenta tensão entre EUA e Irão

Em leitura:

Tentativa de assassinato do embaixador saudita aumenta tensão entre EUA e Irão

Tamanho do texto Aa Aa

Os Estados grantem ter provas do envolvimento do Irão, na tentativa de assassinato do embaixador Saudita, em Whashington.

Mas Teerão refuta as acusações.

Já está preso o principal suspeito e as suas revelações podem ajudar a descobrir a verdade.

Manssor Ababsiar está a ser interrogado pelas autoridades.

O vice presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, considera que o assunto vai provocar um agravamento da tensão entre Washington e Teerão:

“As consequências para o Irão são muito sérias porque decidiram, não somente assassinar alguém, mas também porque eles violaram as regras como as nações se relacionam, umas com as outras. É uma situação muito crítica. Por isso, nós unimos o mundo no isolamento dos iranianos”.

O assassinato devia ocorrer, na embaixada saudita, em Washington.

Os analistas, como Saeed Laylaz, também não duvidam que a tensão vai crescer:

“Em minha opinião, isto terá um impacto enorme nas relações Estados Unidos – Irão. Isto colocará as relações, que já são de grande convulsão, num outro nível. A minha previsão antes desta revelação na noite passada, já apontava para a possibilidade de um confronto militar, em 2012”.

A dúvida que muitos colocam agora: será que esta conspiração era do conhecimento dos principais responsáveis pelo regime? Ou, pelo contrário, será obra de franco-atiradores?

Certo é que Teerão continua a negar qualquer envolvimento no assunto.