Última hora

Última hora

Filme provoca violência na Tunísia

Em leitura:

Filme provoca violência na Tunísia

Tamanho do texto Aa Aa

Violentos confrontos entre a polícia e manifestantes tunisinos interromperam a paz que se vivia no país, desde Março.

Foi na Tunísia que começou a chamada primavera árabe.

No cerne da questão, a exibição do filme “Persepolis”, pelo canal de televisão privada Nessma TV.

O filme tem uma cena que exibe a figura de Deus. o que é considerado uma blasfémia pelos setores mais extremistas. Mas acusam a polícia:

“Eles é que começaram. Nós dissemos-lhe que o mês de Março era de paz e que queriamos que assim continuasse. Mas eles vieram contra nós e começou a violência, e mesmo quando começaram a disparar os jatos de gás, nõs não respondemos”.

O caso está entregue aos tribunais.

SOT

“O caso do Nessma está, nas mãos da magistratura, e se os tunisinos acreditam na isenção da magistratura, por que interferem com seu trabalho?”, diz um polícia.

Durante a carga policial, centenas de manifestantes refugiaram-se numa mesquita.

As autoridades apelaram â calma, mas pediram também desculpas aos manifestantes.