Última hora

Última hora

Khamenei considera acusações americanas "absurdas"

Em leitura:

Khamenei considera acusações americanas "absurdas"

Tamanho do texto Aa Aa

O líder supremo do Irão classificou, este sábado, de “absurdas” as acusações norte-americanas, que implicam Teerão num complô para assassinar o embaixador da Arábia Saudita nos Estados Unidos.

Perante milhares de fiéis reunidos em Kermanshah, na região oeste do país, o Aiatola Ali Khamenei afirmou que os “Estados Unidos inventaram, nos últimos dias, uma história com acusações absurdas contra iranianos como uma desculpa para acusar a República Islâmica de apoiar o terrorismo”.

Khamenei defende que se tratou de mais “uma forma de tentar isolar o Irão” mas que são os norte-americanos que ficam “mais isolados”.

Washington anunciou, na terça-feira, ter desmontado um plano para atacar à bomba as embaixadas de Israel e da Arábia Saudita e assassinar o embaixador saudita.

As autoridades acusaram dois iranianos de planear os atentados, no quadro de uma operação alegadamente preparada por Teerão.

Em frente à missão do Irão, junto das Nações Unidas, em Nova Iorque, um pequeno grupo de manifestantes juntou-se, este sábado, para condenar Mahmoud Ahmadinejad e o alegado planos de atentados.