Última hora

Última hora

Tropas do Quénia perseguem islamitas em território somali.

Em leitura:

Tropas do Quénia perseguem islamitas em território somali.

Tamanho do texto Aa Aa

Nairobi avisou e cumpriu. Tropas quenianas entraram este domingo na Somália numa operação contra rebeldes islamitas, suspeitos de terem sequestrado duas trabalhadoras humanitárias no Quénia.

Não é a primeira vez que tropas quenianas entram em território somali em perseguição dos rebeldes islamitas shebab, numa região do corno de África onde se vive uma gigantesca crise humanitária há vários anos.

As autoridades do Quénia, a maior economia da região, tinham avisado, no sábado, que iriam atrás dos sequestradores até onde fosse preciso, porque, como declarou o responsável pela segurança interna de Nairobi, George Saitoti, “o país está, pela primeira vez, ameaçado pelo mais sério nível de terrorismo”.

A situação no sobrelotado campo de refugiados de Dadaab, na fronteira com a Somália, é dramática para os cerca de 500 mil refugiados que fogem à guerra e à fome no seu país. Na quinta-feira, duas trabalhadoras humanitárias espanholas foram raptadas do campo e presumivelmente levadas para a Somália pelos rebeldes.