Última hora

Última hora

Philips corta 4 500 postos de trabalho

Em leitura:

Philips corta 4 500 postos de trabalho

Tamanho do texto Aa Aa

A Philips Electronics vai cortar 4 mil e 500 postos de trabalho. Uma medida que faz parte de um plano de redução de custos, para impulsionar os lucros e atingir as metas financeiras. O lucro líquido da empresa caiu 85% no terceiro trimestre.

“Eu não gosto de anunciar cortes de empregos, mas é necessário agilizar e emagrecer a Philips. Queremos investir em inovação e numa maior penetração de mercado, que vai ajudar a Philips a crescer de uma maneira rentável”, afirma o presidente executivo da Philips, Frans van Houten.

O lucro líquido do grupo caiu de 524 milhões de euros no terceiro trimestre do ano passado para 76 milhões no mesmo período de 2011.

A Philips disse que as negociações para vender o setor de televisores ao grupo de Hong-Kong TPV estão a ser intensas e construtivas, mas admitiu que estão a demorar mais do que o esperado. O negócio devia ser concluído antes do final do ano.