Última hora

Última hora

Tunisinos manifestam-se contra censura

Em leitura:

Tunisinos manifestam-se contra censura

Tamanho do texto Aa Aa

Em nome da liberdade de expressão, milhares de tunisinos marcharam pelas ruas da capital do país.

Uma resposta aos ataques recentes perpetrados por fundamentalistas contra o canal de televisão Nessma, condenado pela exibição, em dialeto tunisino, do filme de animação “Persepolis”.

A película enfureceu os meios extremistas por causa de passagens onde a personagem central dialoga com Alá. Uma imagem considerada blasfémia no Islão.

“Persepolis” mostra a visão da iraniana Marjane Satrapi sobre as transformações que o Irão sofreu com a instauração do atual regime, após a Revolução Islâmica, de 1979.

A difusão na Tunísia dividiu grupos religiosos e seculares, a poucos dias das primeiras eleições desde que o antigo presidente foi deposto.

Em Tunis, realizou-se este domingo um teste eleitoral, de forma a assegurar o sucesso do escrutínio de 23 de outubro, onde os tunisinos vão eleger uma Assembleia Constituinte.

As últimas sondagens davam, em setembro, como vencedores os islamitas moderados do Ennahda.