Última hora

Última hora

Em liberdade Shalit apela à paz

Em leitura:

Em liberdade Shalit apela à paz

Tamanho do texto Aa Aa

Visivelmente mais magro, mas ao que tudo indica bem de saúde Gilad Shalit foi, hoje, libertado.

O militar israelita regressou a casa, depois de ter passado os últimos cinco anos em cativeiro. Na primeira entrevista, dada a uma televisão egípcia, Shalit apelou à paz.

O soldado que durante a prisão foi promovido pelo Estado hebraico a sargento, disse que os últimos cinco anos foram longos mas que nunca perdeu a esperança de ser libertado.

Questionado quando e como reagiu à noticia de que ia ser libertado, respondeu que tomou conhecimento há uma semana.

O jovem diz ter pensado que estar era a última oportunidade para sair do cativeiro. Mas admite, ao mesmo tempo, tido consciência dos momentos difíceis momentos que viriam pela frente.

Shalit disse, ainda, esperar que a troca de prisioneiros contribua para relançar a paz entre israelitas e palestinianos e para reforçar a cooperação entre as duas partes.