Última hora

Última hora

França promete defender notação máxima

Em leitura:

França promete defender notação máxima

Tamanho do texto Aa Aa

A França promete fazer tudo para defender a notação de triplo A, perante a ameaça de corte da Moody’s.

Nos próximos três meses, a agência de notação financeira vai controlar e avaliar a perspetiva estável da dívida francesa, tendo em vista os progressos do Governo para implementar as medidas de redução do défice.

Na zona euro, a Moody’s atribuiu o rating máximo a seis países: Áustria, Finlândia, França, Alemanha, Luxemburgo e Holanda. O ministro francês das Finanças, François Baroin, não quer que o país saia deste clube: “Tudo está em marcha para conservar esta notação que é uma das melhores do mundo, que faz da França um valor refúgio. A França tem meios para dizer ‘presente’. Nós somos o primeiro país em termos de despesas públicas. Portanto, se for necessário nós tomaremos as medidas necessárias para reduzir as despesas e atingir esses objetivos”.

A Assembleia Nacional francesa começa, esta terça-feira, a examinar o Orçamento para 2012. O Governo tem como prioridade reduzir o défice em plena crise da dívida europeia.

Vários bancos franceses encontram-se muito expostos à dívida grega, entre eles os gigantes BNP Paribas, Société Generale e Crédit Agricole.