Última hora

Última hora

Gaza recebe os seus "heróis"

Em leitura:

Gaza recebe os seus "heróis"

Tamanho do texto Aa Aa

Os prisioneiros libertados esta terça-feira por Israel foram recebidos como heróis por dezenas de milhares de palestinianos na Faixa de Gaza.

Ismail Hanieh, líder do governo do Hamas, esteve na linha da frente da receção triunfal aos prisioneiros libertados.

Gaza declarou feriado nacional e as escolas foram fechadas.

O júbilo e a comoção tomaram conta das ruas com a chegada dos primeiros autocarros, vindos do Egito, que entraram em Gaza pela passagem de Rafah.

Dezenas de milhares de palestinianos reuniram-se depois no centro de Gaza, num comício dedicado aos 447 prisioneiros libertados hoje. Outros 550 vão ser libertados nos próximos 2 meses.

No palco, decorado com imagens de militantes que não foram libertados, podia ler-se: “Não vos esqueceremos”.

Ismail Hanieh tomou a palavra para dizer “que esta operação deixa atrás de si uma lição concreta e muito importante que prova” que os palestinianos são “um povo unido”.

A Liga árabe reclamou, entretanto, “a libertação de todos os prisioneiros palestinianos e árabes que continuam detidos” por Israel.