Última hora

Em leitura:

Exército turco persegue separatistas curdos depois de ataque na fronteira


Turquia

Exército turco persegue separatistas curdos depois de ataque na fronteira

O exército turco atravessou a fronteira iraquiana para perseguir os rebeldes curdos, depois de um ataque contra dois postos militares que resultou na morte de 24 soldados e outros 18 feridos.

Pelo menos um batalhão turco entrou no Curdistão iraquiano, assistido por meios aéreos.

O ataque desta manhã é atribuído aos separatistas do Partido dos Trabalhadores do Curdistão. O primeiro-ministro turco disse que “este ato terrorista mostra que o PKK tenta provocar a sociedade e destabilizar a paz no país”.

Os rebeldes curdos multiplicaram os ataques desde o Verão e Ancara, que continua a bombardear posições curdas nas montanhas iraquianas, ameaça com uma intervenção terrestre de envergadura, à semelhança do que fez em 2008.

Ontem, cinco soldados e três civis – entre os quais uma criança de dois anos – perderam a vida na explosão de uma bomba dissimulada junto a uma estrada na província de Bitlis.